Labels

28 de dezembro de 2010

FELIZ OLHAR NOVO!!!

O grande barato da vida é olhar para trás e sentir orgulho da sua história.
O grande lance é viver cada momento como se a receita da felicidade fosse o AQUI e o AGORA.
Claro que a vida prega peças.
É lógico que, por vezes, o pneu fura, chove demais... mas, pensa só: tem graça viver sem rir de gargalhar pelo menos uma vez ao dia?
Tem sentido ficar chateado durante o dia todo por causa de uma discussão na ida pro trabalho?
Quero viver bem. 2010 foi um ano cheio.
Foi cheio de coisas boas e realizações, mas também cheio de problemas e desilusões.
Normal.
Às vezes se espera demais das pessoas.
Normal.
A grana que não veio, o amigo que decepcionou, o amor que acabou.
Normal.
2011 não vai ser diferente.
Muda o século, o milênio muda, mas o homem é cheio de imperfeições, a natureza tem sua personalidade que nem sempre é a que a gente deseja, mas e aí? Fazer o quê? Acabar com seu dia? Com seu bom humor? Com sua esperança?
O que eu desejo para todos nós é sabedoria!
E que todos saibamos transformar tudo em uma boa experiência!
Que todos consigamos perdoar o desconhecido, o mal educado. Ele passou na sua vida. Não pode ser responsável por um dia ruim...
Entender o amigo que não merece nossa melhor parte. Se ele decepcionou, passe-o para a categoria 3, a dos amigos. Ou mude de classe, transforme-o em colega. Além do mais, a gente, provavelmente, também já decepcionou alguém.
O nosso desejo não se realizou?
Beleza, não tava na hora, não deveria ser a melhor coisa prá esse momento (me lembro sempre de um lance que eu adoro: CUIDADO COM SEUS DESEJOS, ELES PODEM SE TORNAR REALIDADE).
Chorar de dor, de solidão, de tristeza, faz parte do ser humano. Não adianta lutar contra isso. Mas se a gente se entende e permite olhar o outro e o mundo com generosidade, as coisas ficam diferentes.
Desejo para todo mundo esse olhar especial.
2011 pode ser um ano especial, muito legal, se entendermos nossas fragilidades e egoísmos e dermos a volta nisso. Somos fracos, mas podemos melhorar. Somos egoístas, mas podemos entender o outro.
2011 pode ser o bicho, o máximo, maravilhoso, lindo, espetacular...
ou... Pode ser puro orgulho!
Depende de mim, de você!
Pode ser. E que seja!!!

Feliz olhar novo!!!

Que a virada do ano não seja somente uma data, mas um momento para repensarmos tudo o que fizemos e que desejamos, afinal sonhos e desejos podem se tornar realidade somente se fizermos jus e acreditarmos neles!"

Carlos Drummond de Andrade


La Nochevieja en algunos países

En los países de cultura hispana la noche del 31 de diciembre es conocida como Nochevieja. Y es celebrado con muchas festividades alrededor del mundo. Acá, tenemos algunas curiosidades sobre países hispanohablantes que la celebran.


- En Madrid, la capital española, se despide del año viejo (en Nochevieja) comiendo uvas mientras las personas oyen las campanadas de la céntrica Plaza del Sol. Es común también ellas comeren doce uvas por cada campanada. Otra curiosidad de los españoles es vestir una ropa de color rojo, porque creen que trae suerte, principalmente si fuera una ropa interior. Las personas también toman cavas con un anillo dentro de la copa. Ya por la mañana de Año Nuevo, las personas también costumbran desayunar chocolate con churros.

- En Venezuela, en la Nochevieja, las familias se reúnen y preparan la hallaca, una especie de humita llena de condimentos que se regala a los amigos como forma de desear un año de mucha suerte.

- En Argentina, las personas celebran comiendo un buen asado en familia y, es también común las empresas trituren los papeles viejos que no van más a utilizar por las ventanas. Por esto, es muy común que las calles se quedan llenas de papeles blancos en el primer día del año.

- En México las festividades se mezclan con las culturas católicas y indigenas. A los católicos les apetecen bendecir 12 velas blancas que serán encendidas todos los meses del año. A los que quieren viajar, les costumbran andar de maletas en las manos alrededor de la casa.

- En Colombia, las personas visten una ropa interior amarilla y empezar el Año Nuevo en pie, pues creen que trae salud y suerte. También se bañan con 12 rosas en la víspera del año y a tener dinero en la maño a la medianoche.

Ahora que sabéis un poco más sobre como los pueblos celebran el Año Nuevo, podéis elegir cual ritual seguir en la Nochevieja y a medianoche para tener un buen año!


Fuente: Mundo Hispano e English World



Natassia

26 de dezembro de 2010

Para o próximo ano..

"Sonhe com aquilo que você quiser.
Seja o que você quer ser,
porque você possui apenas uma vida
e nela só se tem uma chance
de fazer aquilo que se quer.
Tenha felicidade bastante para fazê-la doce.
Dificuldades para fazê-la forte.
Tristeza para fazê-la humana.
E esperança suficiente para fazê-la feliz.

As pessoas mais felizes
não têm as melhores coisas.
Elas sabem fazer o melhor
das oportunidades que aparecem
em seus caminhos.

A felicidade aparece para aqueles que choram.
Para aqueles que se machucam.
Para aqueles que buscam e tentam sempre.
E para aqueles que reconhecem
a importância das pessoas que passam por suas vidas.

O futuro mais brilhante
é baseado num passado intensamente vivido.
Você só terá sucesso na vida
quando perdoar os erros
e as decepções do passado.

A vida é curta, mas as emoções que podemos deixar
duram uma eternidade. (...) "

(Clarice Lispector)


Feliz ano novo!!!!
 Natassia

23 de dezembro de 2010

Museo del Prado



El Museo del Prado es uno de los museos más conocidos no sólo en España, pero en todo el mundo. Reune cerca de 3500 obras españolas y de todo el mundo y toda esta galería está disponible online. Basta pulsar en un pintor, escultor o obra de su preferencia para estar en contacto con una de las mayores obras de la humanidad. El Museo Del Prado está ubicado en Madrid y tiene en su galería pintores como Goya, Rivera, Fra Angelico, Botticelli, entre otros. Acá tenemos el sítio de la web del Museo del Prado donde se puede conocer un poco más sobre el arte mundial a través de las esculturas y pinturas, conocer la historia de un pueblo y sus sentimientos. http://www.museodelprado.es/

La mayoría de la obra de Velázquez está en el Prado, como este cuadro "Las meninas"

 Fuente: Mundo Hispano e English World




Museu do Prado cria programa especial de Natal


O Museu do Prado, em Madri, inaugurou uma mostra especial para o período de Natal. A mostra "Itinerário Natalino" propõe aos visitantes um percurso pelas principais passagens bíblicas sobre o nascimento de Jesus através de obras clássicas.

Nas versões de pintores como El Greco, Velázquez e Fra Angelico entre outros, a exposição conduz aos episódios narrados na Bíblia: da anunciação do anjo Gabriel até a fuga para o Egito, incluindo a visitação, o nascimento, a chegada dos pastores e os presentes dos reis magos.

O Prado, que tem uma das maiores coleções de arte sacra do mundo, organiza pela primeira vez este percurso com 32 quadros pintados entre os séculos 15 e 17 na Espanha, Itália, Holanda e Alemanha.

Através de obras que ilustram a maioria das Bíblias do mundo o visitante também recebe explicações sobre como cada artista interpretou a cena religiosa.

A programação de Natal no Prado tem ainda concertos de música clássica até o final de dezembro.

Algumas imagens:

"Visitação", de Rafael

"Adoração dos Rei Magos", de Rubens

"O Nascimento", de Barocci
"Adoração dos Reis", de Velázquez

Outras fotos dos quadros se encontram no site da notícia ou no oficial do Museu, já mencionados neste post.

 

 

Natassia

21 de dezembro de 2010

Tempo de Natal



Tempo de Natal é tempo de pensar no tempo...

Tempo de alegria e tristeza
Tempo que passou, que passamos e que passará
Tempo de criança inocente e jovem inconseqüente
Tempo que vivemos bem e amamos intensamente
Tempo da nossa juventude e de nossa senilidade
Tempo de nossas realizações pessoais e profissionais
Tempo que ganhamos e que perdemos
Tempo que trabalhamos e produzimos
Tempo de adulto responsável e idoso preocupado

Tempo... Tempo... Tempo...

És inexorável, implacável e inflexível
Deixas sempre tuas marcas
Às vezes indelével, outras profundas
Ora queremos que passe rapidamente
Ora desejamos que pare...
Perdemos muito tempo com coisas fúteis
Aproveitamos muito tempo com coisas úteis
Mas estamos sempre sem tempo
Não temos mais tempo para conversar
Falta-nos tempo para ouvir e entender

No entanto algumas vezes temos tempo de sobra para...

Ofender quem amamos
Desrespeitar quem deveríamos só amar
Ficar revoltado com Deus, como se Ele tivesse toda a culpa

Com o tempo esquecemos com muita facilidade...

Nossos deslizes, nossa prepotência
Nosso orgulho, nossos interesses
Nossas ofensas, nossas calúnias...

Vamos aproveitar o tempo que temos agora!

Esse Tempo de Natal, tempo de confraternizar
Rever tudo que fizemos em todo nosso tempo
Viver e amar todo o tempo
Perdoar em tempo e todo o tempo
Sem esquecer que não temos todo o tempo
E não sabemos quanto tempo será o nosso tempo


José Marques – aluno da Oficina de Criação Literária da Universidade Aberta à Terceira Idade



Natassia

18 de dezembro de 2010

Descubra Machu Picchu pelo Caminho Inca


Machu Picchu, no Peru, foi encontrada em 1911 pelo explorador americano Hiram Bingham. Até então, nativos e moradores da região eram os únicos que sabiam de sua existência. Hoje, um trem leva apenas 3h até a cidade inca. Mas uma boa opção para conhecê-la é ainda a mais difícil: o Caminho Inca. Percorrer o trajeto, que parte de Cuzco, revela paisagens e construções deslumbrantes que o percurso pela ferrovia insiste em esconder.


A trilha até Machu Picchu não é fácil. Exige preparo físico, principalmente pelas altitudes, que variam entre 2 mil e 4 mil metros. Feita em quatro dias, o trajeto fica menos cansativo.

Comece pelo km 88, de onde partem a maioria dos visitantes. No primeiro dia são 4h até Huayllabamba, um pequeno povoado indígena. 

O segundo dia é mais penoso por conta da variação de altitude, que chega a 4.200m no monte Warmihuañusca. Depois de cruzar o pico, você desce até Pacaymayu, segundo ponto de acampamento.

No terceiro dia são 17km. Nesse trecho está Phuyupatamarca – o “povoado sobre as nuvens” -, um dos mais belos do caminho. A partir daí a trilha começa a descer até chegar a Wiñayhuayna.

O quarto dia é mais fácil, entretanto, é necessário acordar cedo: umas 4h. Alcançar a cidadela antes das 7h é uma boa, porque o trem com turistas ainda não chegou – são quase mil visitantes por dia.

Na cidadela

Machu Picchu é dividida em três setores: urbano, agrícola e os adjacentes. No primeiro só tinham acesso pessoas da alta classe. Ao todo são 172 espaços, interligados por 109 escadarias. São várias fontes, templos, casas e depósitos, dos quais se destacam o Templo de las Tres Ventanas e del Sol e o Intihuatana (pedra que funcionava como relógio solar). 

No agrícola, dividido em alto e baixo, algumas ruínas estão cobertas pela vegetação. O Puesto de Vigilância dá uma vista geral da cidadela e é um dos melhores locais para fotografar

Reportagem escrita por Christian Brandão no site Roteiros Incríveis
 
Natassia

16 de dezembro de 2010

El Palacio Imaginado

Un trailler hecho por mí de un cuento de Isabel Allende que he leído en las clases de español de la universidad:



Natassia

Gael García Bernal fala sobre o filme "También la Lluvia"

Gael García Bernal nas gravações do filme
Ator mexicano integra o elenco do longa que mostra o "lado B" de Cristóvão Colombo



Obra que mostra o "lado B" de Cristóvão Colombo, También la Lluvia, do espanhol Icíar Bollaín e com Gael García Bernal no elenco, tentará conquistar o Oscar 2011 de Melhor Filme Estrangeiro.


O longa-metragem, escrito pelo habitual roteirista de Ken Loach, Paul Laverty, e que representa a Espanha em uma vaga no célebre prêmio da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, revisa a figura de Colombo não como empreendedor e conquistador, mas como cruel governador e pioneiro da exploração do ouro na América.

Após apresentação da obra em Madri, na Espanha, o astro mexicano falou com a agência Efe sobre o trabalho.
- Talvez para os espanhóis seja uma surpresa, mas para a América Latina não é nada novo, é de onde viemos. Este Novo Mundo surgiu de uma violência tremenda e de uma ambição desmedida que desembocou no que é agora.
También la lluvia faz crônica com a chegada de Colombo à América através da filmagem iniciada por um diretor idealista (interpretado por Gael) e seu cínico companheiro, o produtor vivido pelo ator espanhol Luis Tosar.

Em sua chegada a uma Bolívia em plena Guerra da Água, em Cochabamba, os padrões de comportamento são retomados 500 anos depois de 1492.

- Este filme causará certa mobilização de velhos fantasmas históricos que de alguma maneira permeiam a linguagem e a semântica atuais. É um pouco estranho. Descobriram? Descobrimos? Nos descobriram? Fomos descobertos? É uma espécie de jogo meio perverso isto de se colocar de um lado ou de outro. Os países latino-americanos são um capricho colonial que pouco a pouco adquiriram uma certa identidade. Nós passamos a reconhecer não só o indígena que levamos dentro de nós, mas também o africano e o espanhol, o branco, o europeu.

Bernal garante que já explorou esse pluralismo ao rodar na Espanha Má Educação, de Pedro Almodóvar, e Sem Notícias de Deus, de Agustín Díaz-Yanes, e na França, e em inglês, Sonhando Acordado, de Michel Gondry.


- Deve ser sempre assim. Uma mistura de fluidos, uma mescla tremenda no cinema. É um sinal claro de que todos somos interdependentes. O cinema é cinema e depois tem a nacionalidade.

As próximas aparições do ator nas telonas será em A Little Bit of Heaven, com Kate Hudson e Kathy Bates; na comédia Casa de Mi Padre, em que contracenará com seu amigo Diego Luna e também poderá ser visto em Hands of Stone junto de Al Pacino.


"Copyright Efe - Todos os direitos de reprodução e representação são reservados para a Agência Efe."




Notícia retirada do Portal R7 - Cinema (16.12.10)
 
 
 
Natassia

14 de dezembro de 2010

Pérolas do Enem 2010

Leia o que os alunos do nosso Brasil andam escrevendo:


'O sero mano tem uma missão...'
(A minha, por exemplo, é ter que ler isso!)


'O Euninho já provocou secas e enchentes calamitosas. .'
(Levei uns minutos para identificar o El Niño...)


'O problema ainda é maior se tratando da camada Diozanio!'
(Eu não sabia que a camada tinha esse nome bonito)


'A situação tende a piorar: o madereiros da Amazônia destroem a Mata Atlântica da região.'
(E além de tudo, viajam pra caramba, hein?)


'Não preserve apenas o meio ambiente e sim todo ele.'
(Faz sentido)


'O grande problema do Rio Amazonas é a pesca dos peixes'
(Achei que fosse a pesca dos pássaros.)


'É um problema de muita gravidez.'
(Com certeza...se seu pai usasse camisinha, não leríamos isso!)


'A AIDS é transmitida pelo mosquito AIDES EGIPSIO.'
(Sem comentário)


'Já está muito de difíciu de achar os pandas na Amazônia'
(Que pena. Também ursos e elefantes sumiram de lá)


'A natureza brasileira tem 500 anos e já esta quase se acabando'
(Foi trazida nas caravelas, certo?)


'O cerumano no mesmo tempo que constrói, também destroi, pois nos temos que nos unir para realizarmos parcerias juntos.'
(Não conte comigo)


'Na verdade, nem todo desmatamento é tão ruim. Por exemplo, o do Aeds Egipte seria um bom beneficácio para o Brasil'
(Vamos trocar as fumaças pelas moto-serras)


'.... menos desmatamentos, mais florestas arborizadas. '
(Concordo! De florestas não arborizadas, basta o Saara!)



'Isso tudo é devido ao raios ultra-violentos que recebemos todo dia.'
(Meu Deus...... Haja pára-raio!)



'Tudo isso colaborou com a estinção do micro-leão dourado.'
(Quem teria sido o fabricante? Compaq ? Apple? IBM?)



'Imaginem a bandeira do Brasil. O azul representa o céu , o verde representa as matas, e o amarelo o ouro. O ouro já foi roubado e as matas estão quase se indo. No dia em que roubarem nosso céu, ficaremos sem bandeira..'
(Caraca! Ainda bem que temos aquela faixinha onde está escrito 'Ordem e Progresso' para amarrar na testa..)


'.... são formados pelas bacias esferográficas. '
(Imaginem as bacias da BIC.)



'Eu concordo em gênero e número igual.'
(Eu discordo!)



'Precisa-se começar uma reciclagem mental dos humanos, fazer uma verdadeira lavagem celebral em relação ao desmatamento, poluição e depredação de si próprio...'
(Putz, que droga é essa?)


'O serigueiro tira borracha das árvores, mas não nunca derrubam as seringas.
(Esse deve ter tomado uma na veia)



'Vamos deixar de sermos egoistas e pensarmos um pouco mais em nos mesmos.'
(Que maravilha!)


'As chuvas foram fortes, mas não tivemos danos morais'
(Palavra de algum vereador de astorga (quem seria processado? São Pedro?))

 
... e ainda tem gente que INSISTE em não dar importância a uma educação de qualidade.
 
 
* Pérolas e comentários sobre as mesmas foram mandadas por e-mail para mim.
 
 
Natassia
 

11 de dezembro de 2010

Vacaciones, vacation, férias...


En las clases de español, todas las veces que les enseño a mis alumnos la palabra VACACIONES, hago una comparación con la palabra de la lengua inglesa vacation, que tienen el mismo significado de la palabra portuguesa férias. Leyendo el blog Mundo Hispano e English World de una amiga, confirmé que la palabra española y la inglesa tienen el mismo origen, por eso son parecidas, y la portugusa tiene un origen distinto, pero con el mismo significado, léelo:

La palabra en español "vacaciones" tiene la misma raíz que la palabra en inglés "vacation" que no tiene la misma raíz que la palabra "férias" para nosotros que hablamos el portugués. Entonces, vamos a las explicaciones.
La palabra "vacaciones" tiene su origen (así como el inglés) en la palabra latina "vacare" que significa "vacío", o sea, la palabra "vacío" corresponde al empleo que la persona no tiene por algun tiempo. Por esto, cuando estamos de "vacaciones" entramos en un período libre del empleo o de cualquiera que nos ocupe. Ahora, la palabra "férias" en el portugués corresponde también al latin "feria, -ae", singular de '"feriae, -arum'" que significaba, entre los romanos, el día que las personas no trabajaban por la prescripción religiosa.
Cualquier que sea la raíz o la lengua, "vacaciones", "vacation" o "férias" es siempre bienevenida
 
(fonte: http://podictionary.com).


Natassia

Ter amigos

Devemos buscar amigos como buscamos livros.
Acertar na procura.
Não exija que sejam muitos, mas que sejam bons.
Não exija que sejam ricos, mas que sejam fiéis.
Não exija que tenha boa profissão, mas sim de bom coração.
É triste o homem que não pode buscar livros por não saber lê-los.
Mas é ainda mais triste o homem que não pode buscar amigos por não saber conquistá-los.
É triste a estante vazia por falta de livros, mas é ainda mais triste o homem oprimido, por falta de amigos.
Os livros nos tiram da turbulência da alma, nos fazem refletir sobre grandes acontecimentos,
mas o amigo converte tormentas e tempestades em chuva de sentimentos.
Não podemos chamar de rico o homem que não tem livros,
mas podemos firmar que é mendigo o homem que não tem amigos....

Autor desconhecido
 
Mensagem recebida através de e-mails de corrente
 
 
"Quem tem amigos, tem tudo"
 
Natassia

Ser...

"O importante não é estar aqui ou ali, mas ser. E ser é uma ciência delicada feita de pequenas-grandes observações do cotidiano dentro e fora da gente. Se não executamos essas observações, não chegamos a ser; apenas existimos e desaparecemos."


Carlos Drummond de Andrade



Um pouco de poesia IV

Mas há a vida
que é para ser
intensamente vivida,
há o amor.
Que tem que ser vivido
até a última gota.
Sem nenhum medo.
Não mata.


Clarice Lispector


5 de dezembro de 2010

Universidade do Peru usa Second Life para criar passeio virtual por Machu Picchu

Objetivo é atrair um número maior de turistas à antiga cidadela inca



Já é possível visitar a cidade sagrada de Machu Picchu por meio de um passeio virtual. A universidade peruana San Martín de Porres lançou uma detalhada recriação virtual da antiga cidadela.
Feito pelo Second Life, o passeio permite ao turista virtual conhecer as ruínas da famosa cidade inca a partir de qualquer lugar do mundo. O objetivo da iniciativa é atrair um número maior de turistas ao Peru.
No trabalho, que levou seis meses para ficar pronto, os criadores usaram centenas de fotos do lugar, para não deixar nenhum detalhe de fora. O programa virtual também conta com um museu, que expõe peças arqueológicas.


 Para ver o vídeo, clique aqui




Natassia

27 de novembro de 2010

La Sebastiana

Fotos de una de las casas de Pablo Neruda en Chile:


Casa "La Sebastiana" en Valparaíso, Chile

Vista de Valparaíso desde La Sebastiana

En el patio de la casa, banco en forma de cobra :p

Hay también más dos casas la de "Isla Negra" y "La Chascona" en Santiago

Natassia

Pablo Neruda


Biografía

Poeta chileno. Nació en Parral (Chile) al 12 de julio de 1904. Su verdadero nombre era Ricardo Neftalí Reyes Basoaldo. Aún joven publicó su primer libro, Crepusculario, en 1923 y en el año siguiente, 20 poemas de amor y una canción desesperada, una de sus más famosas obras. En 1927 fue nombrado cónsul e hizo muchos viajes de carácter político. En su obra maestra, Canto General (1938/ 1950) exalta su tierra natal y cuenta, en forma de versos, la historia de la conquista de América.

En uno de esos viajes, en 1933, conoció a Federico García Lorca, dramaturgo y poeta español. En 1945 se afilió al partido Comunista, por el cual en 1969 salió candidato a la Presidencia de la República en Chile. Renunció a la candidatura en 1970. En 1971 recibió el Premio Nobel de Literatura. En 1973 murió en la Clínica Santa María, en Santiago de Chile.

Citas
 
"Amor, cuántos caminos hasta llegar a un beso, ¡qué soledad errante hasta tu compañía!"
 
"En un beso, sabrás todo lo que he callado."

 "Es tan corto el amor y tan largo el olvido."


 "Sólo con una ardiente paciencia conquistaremos la espléndida ciudad que dará luz, justicia y dignidad a todos los hombres. Así la poesía no habrá cantado en vano."

 "Yo creía que la ruta pasaba por el hombre, y que de allí tenía que salir el destino."


Natassia
"Podrán cortar todas las flores, pero no podrán detener la primavera."

25 de novembro de 2010

Gracias a la vida



En homenaje al Thanksgiving Day

Natassia

Frida

La película narra la historia de la pintora mexicana Frida Kahlo, basada en la biografía de Hayden Herrera, un libreto cinematográfico de Clancy Sigal, Diane Lake, Gregory Nava y Anna Thomas. La película es dirigida por Julie Taymor, quien también dirigió “El rey león” (The Lion King) y “Tito” (Titus) y la estrella principal es Salma Hayek, nacida y criada en México, como Frida y Alfred Molina como su esposo, el reconocido muralista Diego Rivera, además de Ashley Judd, como la fotógrafa Tina Modotti, Antonio Banderas como el pintor David Siquieros y Geoffrey Rush, como Leon Trotsky.


La película es una victoria para Hayek, también co-productora, quien luchó por el papel protagónico durante más de una década, ganándole a Jennifer López y Madonna. Otro de los logros fue incluir en la película a la cantante costarricense Chavela Vargas, que había desarrollado su carrera en México y fue amiga de Frida Kahlo.

Aunque eclipsada por la fama de su esposo, el muralista, Diego Rivera, Frida Kahlo (1907-1954), se convirtió en una celebridad en Estados Unidos en años recientes. Se han realizado varias exposiciones de sus pinturas en Nueva York, Houston, Seattle y Londres, Además se han escrito muchos libros acerca de diversos aspectos de la vida de Frida, por no mencionar una interminable colección de carteles, prensas y pegatinas para refrigerador, incluyendo un sello portal en Estados Unidos.


Ella es quizá más conocida por su estilo tan personal de pintar que se enfoca en su vida interna y externa. Un ejemplo de ello, son los muchos autorretratos que ella pintó. También es recordada por su tormentoso matrimonio con Diego Rivera, quien era muy mujeriegoy por los muchos amoríos que tuvo ella con hombres y mujeres. Asimismo se recuerda a Frida por su inclinación de política de izquierda marcada por la Revolución Mexicana. Ella y Diego Rivera entraban y salían del Partido Socialista de su país.

Un henos menos conocido, incluso hoy, Kahlo era una mujer con muchas deficiencias. Había contraído polio a los seis años, lo que le debilitó mucho la pierna derecha. A los 18 años se accidentó en un autobús, lo que le causó serias lesiones en la columna, su pierna y su pie derecho y otras lesiones, que le dejaron grandes dolores durante toda la vida, a pesar de más de 30 operaciones.



Se cree que también tenía una discapacidad congénita, espina bífida. Su condición física motivó su decisión de ser pintora, pues antes del accidente ella estaba estudiando medicina. Cuando fue enyesada fue el tiempo en que comenzó a pintar. La discapacidad o, por lo menos, algunos procedimientos médicos asociados con su condición física, se reflejan en algunos de sus cuadros. En algunas de sus últimas pinturas ella se autorretrata en una silla de ruedas

Retirado del sitio Disability World
 
Natassia

21 de novembro de 2010

Música em LIBRAS


Procurando música para o trabalho de LIBRAS, encontrei umas músicas "atuais" e interessantes:

E daí - Guilherme e Santiago



Anjo - Roupa Nova




Corazón Partío



Essas e muitas outras se encontram no site You Tube

Natassia

17 de novembro de 2010

Flamenco é inscrito na lista de patrimônio da humanidade da Unesco


NAIRÓBI, 16 Nov 2010 (AFP) - O flamenco foi inscrito nesta terça-feira na lista de patrimônio imaterial da humanidade por um comitê intergovernamental da Unesco reunido em Nairóbi, assim como as torres humanas tradicionais das festas catalãs, os 'castells', e a dieta mediterrânea.


O comitê da Unesco decidiu incluir o flamenco, com sua música que "expressa toda uma gama de sentimentos e estados de espírito" e sua dança, que descreve como "de paixão e sedução", durante sua 5ª sessão ordinária em Nairóbi, informou em um comunicado.

Também examinou e aceitou inscrever as outras duas propostas espanholas, que são as torres humanas típicas catalãs, os "castells", cuja técnica de formação "vem sendo transmitida tradicionalmente de geração em geração dentro de grupos", e o canto da Sibila, que é interpretado na noite de 24 de dezembro em todas as igrejas da ilha balear de Mallorca.

A dieta mediterrânea, a base de azeite de oliva, cereais, frutas e verduras, e uma proporção moderada de carne, peixe e laticínios, também passa a integrar a lista de patrimônio cultural imaterial, após o comitê aceitar a proposta conjunta de Espanha, Grécia, Itália e Marrocos.

"A dieta mediterrânea (...) não compreende apenas a alimentação, já que é um elemento cultural que propicia a interação social", disse a Unesco em sua nota.

A Espanha também é um dos 11 países que apresentaram a candidatura aceita de inscrever a cetraria como patrimônio histórico vivo.

As candidaturas espanholas faziam parte da 47 propostas examinadas pelo comitê, reunido até 19 de novembro.

A "lista do patrimônio cultural imaterial da Humanidade" foi instituída por uma Convenção assinada em 2003, ratificada até agora por 132 países e cujo objetivo é proteger culturas e tradições populares, da mesma maneira que lugares e monumentos.

Matéria escrita no site UOL ENTRETENIMENTO - Últimas notícias - 16/11/10

Natassia

15 de novembro de 2010

Un amigo de la A hasta la Z



A - Te ama, admira, y acepta tal cual eres.
B - Te brinda momentos felices.
C - Te conoce y te comprende.
D - Te dice la verdad cuando necesitas.
E - Te eleva el espíritu.
F - Te es fiel.
G - Te grita si es necesario, cuando no quieres escuchar.
H - Te hace reír.
I - Te invita a reinventar la vida.
J - No te juzga nunga.
K - Aunque a kilómetros de distancia, está siempre cerca de ti
L - Te llama sólo para decirte "hola".
M - Te muestra nuevos caminos.
N - Nunca se ríe de ti, sino que se ríe contigo.
Ñ - Te hace ser niño(a) aunque no lo seas.
O - Te ofrece su apoyo.
P - Te perdona.
Q - Te quiere
R - Te riñe cuando es necesario, pero no te condena.
S - Te siente triste o feliz con una simple mirada.
T - Te trae paz y alegría.
U - Te hace único.
V - Te valora.
X - Te extiende la mano.
Y - Te ayuda.
Z - Te abraza.

Texto de Henrique Romanos

Natassia

14 de novembro de 2010

13 de novembro de 2010

Muito ..... pouco

Muito estudo

Muito trabalho

porém

poucas postagens


.....






Natassia

7 de novembro de 2010

Vida de Che Guevara vira história em quadrinhos


Vida de Che Guevara vira história em quadrinhos


Dupla que escreveu quadrinho também foi responsável por uma bem-sucedida adaptação das investigações nos Estados Unidos sobre os atentados das Torres Gêmeas de Nova York

 
As aventuras de Ernesto "Che" Guevara foi adaptada para "Che: Una Biografía Gráfica", uma história em quadrinhos que descreve a trajetória do revolucionário argentino em nove capítulos, desde sua infância, sua viagem de motocicleta pela América do Sul, até sua morte, aos 39 anos, numa aldeia boliviana.

Escrita por Sid Jacobson e ilustrada por Ernie Colón, a revista foi publicada em espanhol com traços de desenho animado. A dupla também foi responsável por uma bem-sucedida adaptação para os quadrinhos das investigações nos Estados Unidos sobre os atentados das Torres Gêmeas de Nova York.

O roteiro destacou o período compreendido entre 1950 e 1967, quando "Che" desenvolveu seu discurso político. Nos primeiros capítulos, os quadrinhos narram a viagem que o então jovem médico e seu amigo Alberto Granado realizam desde Córdoba (Argentina) até Caracas.

O projeto foi baseado nos registros escritos pelo próprio Guevara em seus diários e aborda o contexto político dos séculos XIX e XX dos países da América Latina, desde a Argentina de Juan Domingo Perón até o México do presidente Lázaro Cárdenas.

A história em quadrinhos também conta o período cubano de "Che". Inclui-se aí seu desembarque na ilha a bordo do "Granma", em 1956, junto a Fidel e Raúl Castro, seu vital triunfo para a Revolução Cubana em Santa Clara, sua crítica ao capitalismo e seu percurso pela Europa para conseguir apoio econômico a Cuba.

Os capítulos finais relatam a desventura de Guevara e sua guerrilha no Congo e o que seria seu último projeto: a conquista da Bolívia.



Matéria publicada na página da Época Diversidade / Cultura - 06/11/2010
 
Natassia

31 de outubro de 2010

Haloween X Día de los muertos


La celebración del Día de Muertos empieza a ser celebrado en la vispera del Día de todos los Santos (en 1 de Noviembre). Es una conmemoración típica de los pueblos que habitan países de Sudamérica, Centroamérica y, principalmente, en México. En el ritual, los cránios son utilizados para recordar y honrar la vida de los muertos. También era celebrado por los pueblos celtas y por otros pueblos en la Europa Antigua. Desde entonces, cuando los dconquistadores llegarón a América, encontraron los pueblos Aztecas que practicaban un ritual en que parecia una burla de la muerte.


Esa celebración también honraba los muertos de las famílias. La diferencia entre el Halloween de la cultura anglosaxónica de la española es que los hispanos creían que la muerte era una continuación de la vida, y el Halloween era un encerramiento de la vida, de un ciclo. Actualmente, el Día de los Muertos tiene como ritual visitar cementerios y llevar al túmulo todas las cosas que a los muertos les gustaban en sus memorias, decorarlos con flores y velas y hacen altares en su homenaje. Los familiares se sientan al lado uno de los otros y hacen picnic, comiendo la comida favorita de sus amados fallecidos.



Post sacado del blog MUNDO HISPANO E ENGLISH WORLD


Natassia

26 de outubro de 2010

P P P P P P P P P P P


Pedro Paulo Pereira Pinto, pequeno pintor, português, pintava portas, paredes, portais. Porém, pediu para parar porque preferiu pintar panfletos.
Partindo para Piracicaba, pintou prateleiras para poder progredir. Posteriormente, partiu para Pirapora. Pernoitando, prosseguiu para Paranavaí, pois pretendia praticar pinturas para pessoas pobres. Porém, pouco praticou, porque Padre Paulo pediu para pintar panelas. Posteriormente pintou pratos para poder pagar promessas. Pálido, porém personalizado, preferiu partir para Portugal para pedir permissão para papai para permanecer praticando pinturas, preferindo, portanto, Paris. Partindo para Paris, passou pelos Pirineus, pois pretendia pintá-los. Pareciam plácidos, porém, pesaroso, percebeu penhascos pedregosos, preferindo pintá-los parcialmente, pois perigosas pedras pareciam precipitar-se principalmente pelo Pico. Pastores passavam pelas picadas para pedirem pousada, provocando provavelmente pequenas perfurações, pois, pelo passo percorriam, permanentemente, possantes potrancas. Pisando Paris, permissão para pintar palácios pomposos, procurando pontos pitorescos, pois, para pintar pobreza, precisaria percorrer pontos perigosos, pestilentos, perniciosos, preferindo Pedro Paulo precaver-se.
Profundas privações passou Pedro Paulo. Pensava poder prosseguir pintando, porém, pretas previsões passavam pelo pensamento, provocando profundos pesares, principalmente por pretender partir prontamente para Portugal.
Povo previdente! Pensava Pedro Paulo... Preciso partir para Portugal porque pedem para prestigiar patrícios, pintando principais portos portugueses. -Paris! Paris! Proferiu Pedro Paulo.-Parto, porém penso pintá-la permanentemente, pois pretendo progredir.
Pisando Portugal, Pedro Paulo procurou pelos pais, porém, Papai Procópio partira para Província. Pedindo provisões, partiu prontamente, pois precisava pedir permissão para Papai Procópio para prosseguir praticando pinturas. Profundamente pálido, perfez percurso percorrido pelo pai. Pedindo permissão, penetrou pelo portão principal. Porém, Papai Procópio puxando-o pelo pescoço proferiu:
- Pediste permissão para praticar pintura, porém, praticando, pintas pior.
Primo Pinduca pintou perfeitamente prima Petúnia. Porque pintas porcarias?
- Papai, - proferiu Pedro Paulo - pinto porque permitiste, porém, preferindo, poderei procurar profissão própria para poder provar perseverança, pois pretendo permanecer por Portugal. Pegando Pedro Paulo pelo pulso, penetrou pelo patamar, procurando pelos pertences, partiu prontamente, pois pretendia pôr Pedro Paulo para praticar profissão perfeita: pedreiro! Passando pela ponte precisaram pescar para poderem prosseguir peregrinando. Primeiro, pegaram peixes pequenos, porém, passando pouco prazo, pegaram pacus, piaparas, pirarucus. Partiram pela picada próxima, pois pretendiam pernoitar  pertinho, para procurar primo Péricles primeiro. Pisando por pedras pontudas, Papai Procópio procurou Péricles, primo próximo, pedreiro profissional perfeito. Poucas palavras proferiram, porém prometeu pagar pequena parcela para Péricles profissionalizar Pedro Paulo. Primeiramente Pedro Paulo pegava pedras, porém, Péricles pediu-lhe para pintar prédios, pois precisava pagar pintores práticos.
Particularmente, Pedro Paulo preferia pintar prédios. Pereceu pintando prédios para Péricles, pois precipitou-se pelas paredes pintadas. Pobre Pedro Paulo, pereceu pintando...


Permita-me, pois, pedir perdão pela paciência, pois pretendo parar para pensar... Para parar, preciso pensar. Pensei... Portanto, pronto, pararei!


Autor desconhecido
Este texto provém de e-mails de corrente
Natassia

19 de outubro de 2010

Faltam 85 dias


Quando você tem uma meta, o que era um obstáculo passa a ser uma etapa de um dos planos.

Gerhard Erich Boehme

 
*(Em uma praça de Santiago, Chile - viagem com a facul (2008))

Los límites de mi lenguaje son los límites de mi mente.


Ludwig Wittgenstein
 
 
 
*(casa de Claudio Manoel da Costa em Ouro Preto)

Breve balanço sobre a docência


Ainda sobre o dia dos professores, que foi no dia 15, venho a este blog fazer um breve balanço sobre a docência.
Apesar de ter apenas dois anos de "carreira", porém com 16 de discente, posso muito bem expor aqui uns prós e contras de um professor.

Com certeza, SER PROFESSOR É PARA QUEM TEM DOM E GOSTA MUITO, porque não é fácil.

Aguentar acordar cedo, alguns alunos "chatos" e outros desinteressados, cobrança e mais cobrança, inúmeras correções e planejamentos, etc, etc, etc, etc.... (sei que etc significa "e outras coisas", mas o repeti para enfatizar mesmo!!!)

Mas o seu trabalho é recompensado quando um aluno aprende o que você ensina, com os mesmos interessados, participando da sua aula, fazendo o que você pede e alguns mimos, por supuesto.

Como discente, tenho mais experiencia (óbvio), então há características docentes boas que gostaria de ressaltar:

- Estar sempre disposto a responder as perguntas e a ajudar alunos com dificuldade (quando estes mesmo querem ser ajudados)
- Proporcionar aulas diferentes, que "fujam" um pouco do livro, porém não fuja TOTALMENTE do conteúdo ensinado. Isso não quer dizer que TODAS as aulas sejam assim, pois rotina faz parte.
- Não é só porque é professor que ele seja obrigado a saber TUDO da matéria, se não sabe, seja sincero e diga que vai pesquisar e traga na outra aula. Melhor isso do que alguém que não "dá o braço a torcer" e faz uma explicação prolixa e longa, mas no fim não disse nada (famoso discurso de político)
- Ter senso de justiça com a sala, em relação a comportamento, nota, trabalho, esforço etc.

Nem sempre se tira coisas boas de professores que passam por nós, há também os defeitos (que considero os piores):

- Fugir do conteúdo a ser estudado, passando filmes, músicas, etc, sem propósito, contando da sua vida privada em sala, ausentando-se para rerolver problemas particulares, etc.
- Chegar demasiadamente atrasado, não quer dizer que nunca vai chegar, imprevistos uma vez na vida, acontecem.
- Liberar demasiadamente cedo na saída, isso vale para frequentemente.
- Humilhar aluno ou alguém (algum funcionário, por exemplo) na frente de todos
- Fazer diferença de aluno descaradamente (com tratamento comportamental, com nota, critérios de avaliação de trabalho que favoreçam a alguns e desfavorecendo a outros, sem nenhum senso de justiça)

e por ai vai...


Espero não fazer o que eu citei sobre os defeitos e outros que abomino, e espero tirar sempre do melhor dos professores que tive, mas tem coisa eu vou levar sempre nos meus anos de docência que vem por ai:

- NUNCA AGRADAREI A TODOS
- SE ERRAR, RECONHECER E VOLTAR ATRÁS

(esse segundo já fiz várias vezes em dois anos)



Natassia

16 de outubro de 2010

Día del maestro

Todo lo que he recibido en mi día

Por Aline (amiga, también profe)

Por Carla (amiga, también profe)


Por Gabriel (ex alumno)
Natassia